Boa Tarde! Sábado, 23 de Setembro de 2017

RECENTES REALIZAÇÕES

    Estação de Tratamento de Lodo = Inaugurada em julho de 2012, com investimento de R$ 2,5 milhões e finalidade de recuperar a água utilizada na lavagem dos filtros e decantadores das ETAs II e III, gerando economia de 210 milhões de litros de água/ano.

    Estação de Tratamento de Esgoto = Em pleno funcionamento no bairro Laranja Azeda, na zona rural, com capacidade para processar de 350 a 500 litros/segundo de esgoto bruto do distrito sede; o grau de pureza da água após tratamento é de 90%. Recursos de R$ 10,6 milhões.

    Nova rede de água = Substituição da tubulação de distribuição de água em todo bolsão central da cidade, objetivando reduzir perdas no processo, o que foi realizado sem a necessidade de interrupção no abastecimento. Em extensão de 15,66 km e executado por equipes do SAEP, investiram-se mais de R$ 493 mil.

    Plano Diretor de Águas Pluviais = Estabelece diretrizes para a destinação de águas de chuvas frente ao crescimento urbano. Aponta as soluções viáveis para os diferentes casos, sobretudo em novos loteamentos e desmembramentos, de forma a evitar problemas como transbordamentos de córregos ou inundações.

    Nova captação = Aquisição, em 2008, de área de 2.811 m² às margens do ribeirão do Roque, onde está sendo construída a nova estação de captação de água para o município.

    Galerias de águas pluviais = Desde que o SAEP passou a gerir a drenagem urbana, em 2005, implantaram-se mais de 17 km de galerias de águas pluviais. As mais recentes foram na vila Santa Fé, com 1.480 metros, e na vila Pinheiro, com 1.350 metros, sendo as obras efetivadas por equipes do SAEP.

    Redes de água = Implantação de adutoras nas ruas Amador Bueno e Tenente Olímpio Guiger, e avenida Padre Léo Landers, para melhorar o abastecimento de água.

    Novo tratamento = Construção da ETA III, com capacidade para 180 mil litros/hora e investimento de R$ 1,2 milhão.

    Reservatórios = Construção de reservatório de água na ETA II, com capacidade para um milhão de litros e investimento de R$ 380 mil; reforma e impermeabilização do reservatório elevado do jardim São Valentim, para 750 mil litros, no valor de R$ 96,3 mil; implantação de três novos reservatórios na vila Santa Fé, Cachoeira de Emas e jardim das Laranjeiras; substituição de reservatório horizontal de 50 mil litros na ETA da vila Santa Fé e de reservatório de 100 mil litros na ETA I.

    Adequação de ETE = Recuperação e adequação para máxima produção da ETE da vila Santa Fé.

    Voçoroca = Construção, em parceria com a prefeitura, de interceptor de águas pluviais de 1.040 metros lineares, para impedir a ampliação de voçoroca de aproximadamente 350 metros de extensão e 6 metros de profundidade média, em região compreendida pelos jardins Ferrarezi e Margarida, e vilas Malachias, Santa Terezinha, Beck e Real. Investimento de R$ 940 mil, sendo R$ 477 mil do SAEP e prefeitura e R$ 463 mil como repasse do Orçamento Geral da União.

    Chica Costa = Reativação do sistema de captação de água da ETA Chica Costa, com reforma de dois filtros e construção de dois poços artesianos.

    Recapeamentos = Jardim das Laranjeiras: 33.762 m², R$ 500 mil; jardim Verona: 540 m², R$ 64,3 mil; ruas Martimiano dos Santos, Cristiano Franco, Caio Assunção e Joaquim Silveira Mello.

    Escavadeira = Aquisição, em 2006, de escavadeira hidráulica com caçamba, no valor de R$ 279,8 mil.

    Recuperação de matas = O SAEP executa o reflorestando de matas ciliares degradadas nos cursos de água que cortam a cidade. Em 2006 plantaram-se 1,6 mil mudas nativas nas margens do córrego Andrezinho, em trecho de aproximadamente 600 metros.

    Bombas dosadoras = Aquisição, em novembro de 2009, de três novas bombas peristálticas, para a dosagem de produtos acrescentados à água durante as etapas de tratamento. Equipamentos de última geração, substituem as bombas convencionais, em relação às quais oferecem numerosos aspectos positivos, como, por exemplo, dosagens mais precisas, operação simplificada e melhores resultados, além de requerer menor manutenção. Utilizadas principalmente para a dosagem da cal hidratada, que é um auxiliar na coagulação e correção do pH da água, destinam-se às ETAs I e II e a da vila Santa Fé, em Cachoeira de Emas. Investimento de R$ 26,4 mil.

    Espectrofotômetro com microprocessador = De alta tecnologia, adquirido em novembro de 2009, por R$ 10,3 mil, para uso no Laboratório de Controle de Água do SAEP. Além de maior capacidade, propicia maior rapidez e precisão nas análises. Cor aparente, cloro, flúor, ferro, manganês e alumínio são os mais importantes elementos analisados.

Atividades

Serviços de água

Serviços de esgoto

Atendimento urbano (%)

100

98

Capacidade instalada de reservação (milhões de litros)

11

--

Estações de captação de água

3

--

Estações de tratamento de água

5

--

Estação de tratamento de esgoto

--

2

Estação de tratamento de lodo

 3

--

Laboratório

1

--

Água tratada (milhão de litros/hora)

1,115

--

Reservatórios de água

19

--

Ligações de água

28.148

--

Ligações de esgoto

--

27.858

Dados de setembro de 2012.